Camara pi 183

Globo termina o ano com problemas graves e terá novo rival em 2024

Record e SBT não representam mais a grande ameaça, que agora vem de plataforma digital

Por RJNEWS em 21/11/2023 às 07:17:42
As ex-globais Grazi Massafera, Camila Pitanga e Giovanna Antonelli agora são estrelas do departamento de novelas da HBO Max

As ex-globais Grazi Massafera, Camila Pitanga e Giovanna Antonelli agora são estrelas do departamento de novelas da HBO Max

O chefão dos Estúdios Globo, Amauri Soares, tem duros desafios sobre a mesa. A programação do canal carioca enfrenta dificuldades. A começar pelas três faixas de teledramaturgia inédita.

"Elas por Elas", às 18h30, e "Fuzuê", das 19h40, estão com audiência baixa na comparação com as tramas anteriores ("Amor Perfeito" e "Vai na Fé", respectivamente) e em relação à meta.

Mudanças nos roteiros são implantadas na tentativa não apenas de atrair mais público, mas também de segurar os atuais telespectadores, já que a fidelização dos noveleiros está cada dia mais complicada.

O folhetim das 21h20, "Terra e Paixão", registra média parcial de 26 pontos, 2 a mais do que a antecessora "Travessia", porém, distante da marca de 30 pontos esperada pela cúpula da Globo.

Após a entrada de novos roteiristas e alterações no enredo, a novela melhorou, mas não a ponto de empolgar as redes sociais e ser assunto das conversas no dia a dia. A maioria reage com indiferença.

Em janeiro estreia o remake de "Renascer". A emissora alimenta a expectativa de uma recuperação em sua faixa mais nobre, a exemplo do que a segunda versão de "Pantanal" conseguiu fazer depois da desastrosa "Um Lugar ao Sol".

O canal não terá novela original do Globoplay para ajudar na audiência noturna no ano que vem. A próxima produção, "Guerreiros do Sol", está em fase final de gravações, mas a estreia será apenas em 2025. A produção mais recente, "Todas as Flores", repetiu na TV o sucesso conquistado no streaming, na imprensa e na internet.

Confortável na TV aberta, onde a Record e o SBT estão com teledramaturgia estagnada, sem nenhuma novela alcançando 10 pontos, a Globo poderá ter sua vida dificultada no digital.

A HBO Max lançará suas primeiras novelas com 40 capítulos. A respeito da vaidade obsessiva, "Beleza Fatal" tem no elenco as ex-globais Giovanna Antonelli, Camila Pitanga, Camila Queiroz e Vanessa Giácomo, entre outros atores que até pouco tempo batiam cartão no Projac.

A versão da exitosa "Dona Beija", exibida na TV Manchete em 1986, conta também com antigos contratados da emissora líder no Ibope, como Grazi Massafera no papel-título, Debora Evelyn, Isabela Garcia e Érika Januza.


Caso a HBO Max – pertencente ao grupo norte-americano Warner Bros. Discovery – consiga boa aceitação dessas produções (ou de uma delas, pelo menos), vai se tornar um concorrente poderoso da Globo e do Globoplay, que hoje são os mais bem-sucedidos produtores de ficção da TV aberta e do mercado nacional de streaming.

O outro problemão a ser enfrentado pela emissora do clã Marinho é a falta de realities fortes, com exceção do fenômeno "Big Brother Brasil". A audiência em declínio a fez desistir de "No Limite" e decretou o fim do "The Voice Brasil" após a temporada que começa este mês.

Um novo formato de confinamento ligado à música foi criado pela equipe do diretor Boninho. Detalhes ainda são mantidos em sigilo, apesar de as inscrições terem sido abertas no final de outubro para a primeira temporada no segundo semestre.

Incursões anteriores pelo gênero – "The Masked Singer Brasil" (a quarta temporada começa em janeiro), "Popstar" (2017-2019) e "Super Star" (2014-2016) – não tiveram resultado excepcional no Ibope.

Enquanto isso, novos realities conquistam público no streaming, a exemplo de "Ilhados com a Sogra", da Netflix. Para compensar os cancelamentos, a Globo precisará comprar formatos ou apostar em ideias que surpreendam.


Fonte: Terra

Comunicar erro
Casa e Roupa

Comentários

Zion
Luxhoki