Camara pi 183

Metalúrgicos entram no quinto dia de greve

Por melhores salários. Na semana que vem está prevista nova audiência na Justiça do Trabalho

Por RJNEWS em 08/06/2024 às 12:19:06
Metalúrgicos há cinco dias de braços cruzados por melhores salários

Metalúrgicos há cinco dias de braços cruzados por melhores salários

A greve dos metalúrgicos do estaleiro Seatrium, em Angra dos Reis/RJ, entrou ontem,(7), no seu quinto dia, e será julgada pela Justiça do Trabalho/RJ. Essa informação é do sindicato da categoria, que través das redes oficiais da entidade, continua mobilizado a manter o movimento. Na semana passada os trabalhadores por unanimidade rejeitaram a proposta da empresa, e decidiram cruzar os braços. A greve foi iniciada nessa segunda-feira (3).

Para Cristiane Marcolino, presidente do sindicato, em rede social, a unidade da categoria tem fortalecido o movimento e garantido o avanço. " O nosso jurídico está trabalhando para que a gente possa ter uma defesa boa e , principalmente não ter os dias parados, descontados".

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos a proposta de negociação apresentada pela direção do estaleiro, no primeiro momento foi somente INPC - reposição de 3,23%mais 1,77% de aumento real na data base da categoria, em maio. Sendo rejeitada pela categoria que optou pelo estado de greve. Uma nova proposta da empresa foi apresentada pouco antes da assembleia geral, realizada na quarta-feira(27), aumentando para 5% o piso do salário, passando de R$ 3.923,60 para R$ 4.119,78, além de 8% no tíquete refeição aumentando de R$ 650 para R$700 e 100% no Bônus de R$ 800 para R$1600, (com critérios) e pago no final do ano. " Essa é a última proposta da empresa", segundo o sindicato. A categoria votou contra a nova proposta e deflagrou greve geral a partir da segunda-feira (3).

A direção do sindicato tem usado as redes oficiais para pedir aos trabalhadores que mantenham a decisão aprovada em assembleia, para que o movimento seja fortalecido. Na semana que vem ( segunda-feira está prevista nova audiência na Justiça do Trabalho.

Obras
Ainda segundo informações do Sindicato, o estaleiro tem obras até 2036, garantidas. Hoje P80 e P83, além da previsão de novos contratos das P84 e P85.

Fonte: O Dia

Comunicar erro

Comentários

Zion
Luxhoki