Camara pi 183

A reparação histórica é uma obrigação cívica, moral e ética.

Uma guerra contra pobres e negros.

Por Sergio em 25/10/2023 às 19:25:47

Chega de guerra!

Para muitos essa guerra as droga, que ilustra os noticiários mostrando em suas TVs, um combate insano, violento e exterminador! É uma forma certa de combate. Esquecem que na linha do fogo cruzado, existem vidas de inocentes. Infelizmente são pessoas de baixa renda, que só tem como morar em favelas ou comunidades. Digo comunidade porque essa guerra só é traçada em bairros pobres. Onde o povo é sacrificado há décadas. Sem nunca vermos algum resultado. É verdadeiramente como enxugar gelo.

Será o que tem por trás de um sistema contínuo que não funciona? Qual interesse que mantem essas mortes diariamente? Não é possível não se imaginar, que por trás dessa indústria bélica não haja alguma coisa para manter as opiniões políticas desse mesmo modo de combater, o que nunca conseguiram sanar. A guerra está ai! Matando brasileiros trabalhadores, crianças, bandidos e policiais! Será que é crime ser pobre e negro? Cadê a tal abolição? Será que de fato existiu?

A verdade é que essa guerra é exatamente contra pobres e negros. Ela quando enquadra um homem branco e de aparência, trata de forma bem diferente de um negro ou pobre. O branco, é sempre usuário e o negro ou pobre, traficante! Essa guerra como já disse, Já matou mais brasileiros, que a segunda guerra mundial matou soldados. Não é nada confortável saber que a qualquer momento sua vida pode ser ceifada. Mesmo você não tendo inimigos.

Chega a hora do cessar fogo. De uma reparação histórica, por tantas vidas que se foram. Chega de lágrimas, chega de sangue! Não é justo morrer mais pelo combate, que pelo uso da droga. Alias nunca na história, se teve uma morte por over dose de maconha!

Zion
Luxhoki