CONTEC

Casimiro de Abreu será uma das cidades beneficiadas com recursos provenientes do leilão da Cedae

Prefeito Ramon Gidalte (Cidadania) afirma que destinará os recursos para o Distrito de Barra de São João

Por RJNEWS em 19/06/2021 às 05:28:00
: Evento também serviu para validar o nome do novo presidente da estatal, Leonardo Soares

: Evento também serviu para validar o nome do novo presidente da estatal, Leonardo Soares

Thaiany Pieroni

Nesta semana, o governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, se reuniu com os prefeitos das cidades, que serão beneficiadas com o leilão da Cedae. O leilão foi realizado no dia 30 de abril e arrecadou R$ 22,6 bilhões em outorgas. Este é o maior projeto de infraestrutura socioambiental do país e prevê investimentos de mais de R$ 27,1 bilhões, além da outorga, para universalização do saneamento básico em uma área onde vivem 10,3 milhões de pessoas, o que equivale a 60% da população fluminense. As obras vão gerar mais de 24 mil empregos diretos e indiretos e garantirão a qualidade da água fornecida e a despoluição de rios, lagoas e baías.

Entre os municípios, está Casimiro de Abreu, que já planeja destinar os recursos adquiridos para investimentos em Barra de São João. Na ocasião, o prefeito de Casimiro de Abreu, Ramon Gidalte (Cidadania), falou sobre a expectativa do município de receber cerca de R$ 12 milhões, proveniente do leilão, a partir de agosto, que será todo revertido no distrito de Barra de São João.

"Casimiro de Abreu irá receber o recurso pela venda da Cedae. Como Barra de São João foi administrada por décadas pela Cedae, é mais do que justo que 100% destes recursos sejam investidos no segundo distrito. Quero me reunir nos próximos dias com a comunidade e os representantes do Poder Legislativo para discutir quais projetos serão beneficiados", prometeu o prefeito.

Além de apresentar a divisão dos R$ 22,6 bilhões, entre os municípios, o Instituto Região Metropolitana (IRM) e o Governo do Estado, o governador falou sobre os investimentos que serão feitos por todas as cidades e anunciou abertura de concurso público para a Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro (Agenersa).

"Tenho o compromisso de não gastar este dinheiro com despesas ordinárias, como pagamento de salários. Vamos investir em infraestrutura que faça a diferença em nosso estado, que seja capaz de gerar novas vagas de trabalho e renda para a nossa população. Nos próximos dias, vamos lançar o PactoRJ, com um plano de ações para o crescimento econômico do estado, que vai gerar desenvolvimento social", afirmou Cláudio Castro.

O governador destacou o compromisso com a transparência do uso do dinheiro e a necessária fiscalização dos contratos. "Vamos reforçar a Agenersa para que a fiscalização seja feita com qualidade. Já autorizei a abertura de concurso para que a agência tenha condições de realizar um bom trabalho. E vamos criar um portal para que as pessoas possam acompanhar a forma como investiremos o dinheiro. E convidei os 29 prefeitos para aderirem à ferramenta. Temos a oportunidade de fazer história e temos que fazer de uma forma diferente. É o que deseja o cidadão. Estamos reconstruindo esse estado juntos, com Assembleia Legislativa, prefeitos, governo federal, câmaras municipais e Congresso Nacional", disse o governador.

O evento também contou com a apresentação das duas concessionárias que venceram o leilão, Aegea e Iguá. Os responsáveis pelas companhias, além de apresentarem suas empresas, mostraram como pretendem atuar nas áreas concedidas.

A Aegea é a empresa que ficará responsável por Casimiro de Abreu, assim como também pela Zona Sul do Rio de Janeiro, São Gonçalo, Aperibé, Miracema, Cambuci, Cachoeiras de Macacu, Cantagalo, Cordeiro, Duas Barras, Magé, Maricá, Itaocara, Itaboraí, Rio Bonito, São Sebastião do Alto, Saquarema, São Francisco de Itabapoana e Tanguá.

A Aegea foi criada em 2010. Desde então, a empresa registrou um crescimento exponencial e saltou de seis cidades atendidas em 2010 para 126 municípios em 2020. Após o leilão da Cedae e a conquista dos blocos 1 e 4, a companhia passará a atuar em 153 cidades, atendendo 21 milhões de pessoas em 12 estados diferentes com a gestão dos sistemas de esgoto e/ou água.

A empresa detém 56% do mercado privado de saneamento básico do país e atua em todo o processo do ciclo integral da água: captação, tratamento e distribuição de água e coleta e tratamento de esgoto. A companhia opera por meio de concessões plenas (água e esgoto) ou parciais (somente água), subconcessões e de parcerias público privadas (PPPs).

O diretor Alexandre Bianchini, destacou que existe a intenção de ampliar a tarifa social além do que está determinado no contrato.

"Fizemos estudos e entendemos que será necessário fazer com que a tarifa social chegue até mais pessoas. Temos experiência em trabalhar com comunidades e, quando cobramos o justo, temos taxas muito pequenas de inadimplência. Durante a pandemia houve muito desemprego e muitos bons pagadores ficaram inadimplentes. Nesta hora, a empresa tem que fazer a sua parte e ajudar. Temos este compromisso social", afirmou Bianchini.

Estatal tem novo presidente que afirma que pretende desburocratizar os processos

Também nesta semana, o ex-secretario estadual de Desenvolvimento Econômico, Leonardo Soares, assumiu o cargo de novo presidente da Cedae. Ele substitui Edes Fernandes de Oliveira no comando da companhia. A nomeação de Soares foi oficializada durante o evento em que foi apresentada a prestação de contas do leilão da companhia aos prefeitos dos municípios que participaram do edital de licitação concluído em abril.

Leonardo Soares discursou falando sobre o seu principal desafio inicial, que será a transição dos serviços para empresas privadas. "Chegamos com a missão de acelerar e facilitar o processo de transição. As concessionárias que venceram o leilão precisam encontrar o melhor ambiente possível. Também precisamos desburocratizar a empresa, buscando boas referências e mantendo respeito à estrutura", afirmou.

Fonte: RJNEWSnoticias

Comunicar erro
Zion

Comentários

Casa e Roupa
Anuncie 3