CONTEC

Família de Macaé luta pela liberdade de filho, preso indevidamente na última segunda-feira (04)

Vinicius Matheus Barreto Teixeira, de 20 anos, está preso no Centro de Triagem em Benfica, na capital, desde a última segunda-feira (04), por associação ao tráfico de drogas. Segundo familiares, ele foi preso indevidamente devido o nome do pai, Messias Gomes Teixeira, ser igual a de um traficante, preso em 2018, também no Rio de Janeiro

Por Daniela Bairros em 08/10/2021 às 11:28:26
Vinicius Matheus está preso desde a última segunda-feira (04)

Vinicius Matheus está preso desde a última segunda-feira (04)

Daniela Bairros

A família do jovem Vinicius Matheus Barreto Teixeira, de 22 anos, vive um drama desde a última segunda-feira, dia 04 de outubro. Nesta data, por volta das 14h20, Vinicius foi preso na empresa onde trabalha como assistente de logística, em Macaé, por associação ao tráfico de drogas. Mas a prisão, segundo familiares e amigos, foi indevida.

O RJ News Notícias conversou na manhã desta sexta-feira (08) com o pastor Wandson Vieira, da Igreja Evangélica Shalom, de Macaé, de onde Vinicius é integrante há seis anos. Para ele, o sentimento é de muita revolta ao Poder Público. "Na hora de errar, erram rápido, mas na hora de corrigir, há essa morosidade e lentidão", desabafou o pastor, que também é amigo da família.

Vinicius Matheus foi preso dentro da empresa, sediada em Macaé, onde trabalha como assistente de logística. A prisão ocorreu pelo fato, segundo explicações do pastor, do pai de Vinícius, Messias Gomes Teixeira, ter o mesmo nome de um traficante preso em Niterói, em 2018. "A prisão foi totalmente indevida. Os policiais chegaram no loca, ou seja, na empresa onde o Vinicíus trabalha, em Macaé, perguntando o nome dele, da mãe e do pai. Assim que constataram que o Messias, pai do Vinicius, tem o mesmo nome deste traficante, seguraram o Vinicius pelas calças e anunciaram a prisão. O levaram à 123ª DP e depois para a 16ª Delegacia de Polícia, localizada na Barra da Tijuca, no Rio", explicou o pastor Vieira,

Depois que foi preso, no caminho à delegacia, Vinicius ligou para o pai Messias, que estava trabalhando em Campos dos Goytacazes. O pai ainda tentou conversar com os policias que prenderam Vinicius indevidamente, mas não adiantou.

Vinicius está preso no Centro de Triagem em Benfica, no Rio de Janeiro. Nesta sexta-feira, os pais do jovem, acompanhado do pastor, seguiam à capital na tentativa de conseguir visitar Vinicius, que segundo eles, desde a última segunda-feira, está preso sem poder receber visitas, está com a roupa do corpo desde o dia da prisão.

A reportagem do RJ News tenta contato com o advogado de Vinícius, mas até o momento, não atendeu às ligações. Segundo a família, ele já entrou com um habeas corpus para soltura do jovem. O documento deverá ser analisado na tarde desta sexta-feira. A expectativa da família é que Vinicius seja solto ainda hoje, sexta-feira.

A reportagem do RJ News tentou entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Polícia Civil do Rio de Janeiro, que informou por meio de nota no início da noite desta sexta-feira, que foi cumprido o mandado de prisão expedido pela Justiça por um fato ocorrido em 2017, quando a corporação estava subordinada à então Secretaria de Segurança. O caso, ainda segundo a Polícia Civil, está com a Justiça.

Também na noite desta sexta-feira, ainda acontece o julgamento do habeas corpus,



Foto: Arquivo pessoal


Comunicar erro
Zion

Comentários

Casa e Roupa
Anuncie 3