Camara pi 183

Guardas municipais apresentam ao Legislativo trabalho nas escolas

Por RJNEWS em 11/06/2024 às 17:31:48
O comandante da Guarda, José Carlos Moreira França, um dos fundadores do serviço

O comandante da Guarda, José Carlos Moreira França, um dos fundadores do serviço

Adolescentes da rede municipal j√° procuraram agentes da Coordenadoria de Apoio Preventivo e Educativo (Cape) da Guarda Municipal, para relatarem estar sofrendo bullying, após palestras sobre o tema nas escolas. Representantes da coordenadoria, criada h√° dez anos, falaram sobre o trabalho do setor, no Grande Expediente da Câmara de Macaé, nesta terça-feira (11), a convite de Luiz Matos (Cidadania).

O comandante da Guarda, José Carlos Moreira França, um dos fundadores do serviço, disse que eles são procurados até por alunos agressores, dizendo-se arrependidos. "Com esse trabalho, praticamente não temos casos de viol√™ncia encaminhados à polícia".

A agente Sirlei Santos Virgínio disse que os próprios diretores solicitam as palestras: as mais pedidas são a respeito do ciberbullying, mas também solicitam acerca da viol√™ncia doméstica. "As mães nos pedem para serem ajudadas. Sinto-me muito valorizada".

A necessidade de valorização dos profissionais pelo Executivo e Legislativo foi mencionada por França. Segundo ele, a última turma de guardas concursados j√° completou 12 anos. "Lembrem-se da Capes. Precisamos de equipamentos, melhores condições de trabalho, e novos guardas, mais jovens e fortes", reivindicou, considerando a dificuldade do serviço de segurança.

Questionamentos dos parlamentares

Luiz Matos pediu informações sobre a vigilância da Cape nas unidades. O comandante respondeu que, diariamente, são feitas rondas de rotina nas escolas, e ainda perman√™ncias de cerca de 20 minutos, nos hor√°rios de entrada, intervalo e saída. "Em unidades que correm risco de vandalização, fazemos também guarnição à noite".

O presidente Cesinha (Cidadania) lembrou dos casos graves de viol√™ncia em outras escolas do país. "Poucos meses atr√°s, discutimos esse problema. H√° algum projeto de segurança nesse sentido?". Robson Braga, secret√°rio adjunto de Ordem Pública, à qual a Cape est√° ligada, disse que existe planejamento para realizar maior controle do acesso às unidades, implantação de monitoramento por câmeras e alarmes, além de treinamento dos funcion√°rios para evacuação nessas situações.

Também falou aos parlamentares o secret√°rio da pasta, Marcelo Menezes. Participaram ainda do debate os vereadores José Prestes (Podemos), Iza Vicente (Rede) e Rafael Amorim (Cidadania).

Fonte: ASCOM CMM

Comunicar erro

Coment√°rios

Zion
Luxhoki