CONTEC

Vasco sofre domínio dentro de casa e arranca empate com Náutico

Cruzmaltino não soube lidar com a intensidade do Timbu

Por RJNEWS em 19/07/2021 às 06:27:29
Vasco arranca empate por 1 a 1 com o Náutico

Vasco arranca empate por 1 a 1 com o Náutico

Neste domingo (18), o Vasco empatou com o Náutico por 1 a 1, em São Januário, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, com gols de Vinícius e Morato. Na tabela, o Cruzmaltino subiu para a sétima colocação com 18 pontos.

O Vasco de Marcelo Cabo, entrou em campo no 4-4-2, com a tentativa de fazer uma equipe compacta e jogando em bloco em cima da defesa do Timbu, mas a apresentação foi totalmente contrária, demonstrando a insegurança do Cruzmaltino dentro de casa.

Durante os primeiros minutos, houve desenvoltura pelo corredor direito ofensivo com o ala Gabriel Pec acionando o centroavante Germán Cano. O camisa 11 aproveitou os 20 minutos iniciais para jogar nas costas de Rafinha, no entanto, o Náutico dobrou a marcação no meio-campo e neutralizou o escape do ataque vascaíno.

Acontece que aos 16 minutos da primeira etapa, o Vasco surpreende com o meio-campista MT dividindo a bola com a defesa do Timbu que desvia e a bola sobra para Gabriel Pec que dá assistência para o atacante Cano empurrar a bola para o fundo do gol. No entanto, o camisa 11 estava em posição irregular antes de aproveitar a sobra.

Pouco tempo depois, com o ataque vascaíno exposto, o volante Andrey arrisca de fora da área, o goleiro Alex Alves dá rebote e Gabriel Pec finaliza com pouca força nas mãos do arqueiro do Náutico.

Até que o Náutico, durante todo esse tempo, começou a ficar mais intenso e provocando a defesa do Cruzmaltino pela esquerda com o atacante Vinícius, fixando o ataque do Timbu. Aos 32 minutos, pela direita, o meio-campista Jean Carlos cobra escanteio na medida e Vinicius abre o placar de cabeça, sem chances para o goleiro Vanderlei.

Um minuto depois, com o centroavante Kieza saindo da área para servir os meias e atacantes de lado do Náutico, o jogador divide a bola com a defesa do Cruzmaltino, cabeceia para Jean Carlos que chega de trás e finaliza de primeira, obrigando o goleiro Vanderlei a fazer uma boa defesa.

O meia Trindade repete quase o mesmo lance depois, com uma finalização perigosa para o gol de Vanderlei que espalma para o escanteio. Até o final do primeiro tempo, o Vasco perdeu os espaços e a pressão que tinha com o ala Gabriel Pec.
No segundo tempo, o Cruzmaltino retornou com Gabriel Pec invertido pela esquerda e com a entrada do ponta-direita Léo Jabá na vaga do meia MT. Os 10 minutos iniciais apresentaram uma equipe com um pouco mais de intensidade e vontade de jogar.

Porém, não foi o suficiente para surpreender a defesa do Náutico, que conseguiu ficar firme e sair em velocidade pelo meio-campo. O ataque do Timbu abaixou a linha e não pressionou da mesma maneira que no primeiro tempo.

Aos 16 minutos, o Náutico voltou a surpreender com Jean Carlos cobrando escanteio pela esquerda e o centroavante Kieza desviando de cabeça no meio do gol, obrigando o goleiro Vanderlei a espalmar para fora.

Na reta final da partida, por pouco o Vasco não empata com um gol contra da defesa do Náutico, que na tentativa de desviar a bola para fora, ela acerta o travessão e afasta o perigo. No entanto, quando menos se esperava, o atacante Morato aproveita a sobra da bola pela direita e finaliza rasteiro no canto esquerdo de Alex Alves.

VASCO X NÁUTICO
Local: Estádio São Januário
Árbitro: Ramon Abatti Abel - SC (CBF)
Gols: 1º tempo - 32 minutos - Vinícius | 2º tempo - 46 minutos - Morato
Cartões amarelos: Rhaldney, Hélio dos Anjos, Gabriel Pec, Léo Matos, Djavan, Carlão
Cartões vermelhos: -
Público: Jogo com os portões fechados

Vasco: Vanderlei; Léo Matos (Riquelme), Ernando, Leandro Castan (c), Zeca; Andrey, Matías Galarza (Juninho), MT (Leo Jabá) e Marquinhos Gabriel (Arthur Sales); Gabriel Pec (Morato) e Germán Cano. Técnico: Marcelo Cabo.

Náutico: Alex Alves; Bryan, Camutanga, Carlão, Rafinha; Trindade (Iago Dias), Rhaldney (Djavan), Marciel (Luiz Henrique); Jean Carlos, Vinicius, Kieza (Paiva). Técnico: Hélio dos Anjos.

Fonte: O Dia

Comunicar erro

Comentários

Casa e Roupa
Anuncie 3