Campanha de arrecadação de roupas para pessoas em situação de rua é encerrada

A campanha contou com a parceria do Sindipetro NF, do Pró-Bem, Extra (Centro e Riviera), JPavani, Gráfica JM Comunicação, da consultora de Direitos Humanos Vivianni Acosta e dos jornalistas Monica Torres e Elvis do Amaral (site e podcast)...

Por Lourdes Acosta em 22/12/2023 às 12:58:15

Trata-se da campanha "Vestindo o corpo e a dignidade", que durante 45 dias arrecadou roupas usadas em bom estado de conservação para serem doadas às pessoas que vivem nos abrigos institucionais de Macaé. A campanha seguiu a Política Nacional para a População em Situação de Rua, que define esse grupo como aquele que possui em comum a pobreza extrema, os vínculos familiares interrompidos ou fragilizados e a inexistência de moradia convencional regular.

Nesta quinta-feira (21), as roupas arrecadadas foram entregues para as pessoas atendidas no Centro Pop. E na última segunda-feira (18), aos usuários da Pousada da Cidadania, um equipamento mantido com recursos dos Governos Municipal/Federal, que oferece moradia temporária, alimentação, serviços sociais, psicológicos e tratamentos de saúde na Rede, além do encaminhamento aos empregos, mas, não oferta o vestuário.

A campanha que teve como tema: "O frio foi embora, mas as pessoas em situação de rua continuam precisando se vestir", contou com a parceria do Sindipetro NF, do Programa de Saúde e Bem-Estar Social (Pró-Bem), dos supermercados Extra (Centro e Riviera) e JPavani. Contribuíram também para o sucesso da campanha a Gráfica JM Comunicação Visual e Offset, a consultora de Direitos Humanos e Sociais, Vivianni Acosta e os jornalistas Monica Torres e Elvis do Amaral (site e podcast).

No encerramento, o evento contou com a presença de representantes do Pró-bem e do coordenador do Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (Centro Pop), Leonardo Cultura, que mostrou-se satisfeito com a parceria.

- Somos gratos pela ajuda dos parceiros que contribuem com o Centro Pop. Neste caso a doação de roupas faz muita diferença na vida da pessoa que está em situação de rua, principalmente, os que são atendidos aqui, pois pode aparecer uma vaga de emprego e a pessoa terá uma roupa adequada para se apresentar e poder assim reestruturar sua vida -, acentuou, completando que o Centro Pop atende diariamente, 110 pessoas com café da manhã, almoço e lanche, além do espaço que utilizam para o banho e lavar suas roupas.

Para a consultora de Direitos Humanos, Vivianni Acosta, a campanha solidária foi muito positiva porque veio de encontro à necessidade de vestuário daqueles que necessitam. "Foi de suma importância este tipo de campanha, principalmente, porque esteve voltada para atender pessoas em situação de vulnerabilidade social. A mobilização conjunta trouxe credibilidade ao trabalho de arrecadação e os parceiros muito contribuíram para o sucesso neste período natalino. Muitas peças estavam em bom estado de conservação" avaliou.

Ação beneficente - No pós encerramento, a campanha "Vestindo o Corpo e a Dignidade", que conseguiu arrecadar centenas de peças de vestuário, ficou decidido que dezenas de roupas ainda serão levadas a instituições como a Fazenda Esperança (localizada na BR 101) e o Recanto dos Idosos (no Barreto).

_____________________

Jornalista Lourdes Acosta

DRT/MTE 911/MA

Macaé, 22/12/2023.

AGENCIA NCX MARKETING E VENDAS
Zion