CONTEC

Prefeito de Casimiro de Abreu cumpre agenda em Brasília e busca soluções para problema no fornecimento de energia

O assunto vem sendo pauta de diversas reuniões, desde o início da atual gestão

Por RJNEWS em 12/06/2021 às 07:02:00

Thaiany Pieroni

Nesta semana, o prefeito de Casimiro de Abreu, Ramon Gidalte, foi à Brasília cumprir uma série de agendas. Mas, uma das suas primeiras paradas foi na sede da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) para cobrar agilidade no prazo para a conclusão da obra da subestação estação de energia elétrica no município.

O problema no serviço de fornecimento de energia elétrica no município, já foi pauta de várias reuniões, desde o início da gestão. E a expectativa é que seja possível encontrar uma solução para o problema.

"Saio desta reunião com o coração transbordando de esperança. A ANEEL vai cobrar a antecipação da conclusão desta obra, não foi fixado nenhum prazo, mas podemos perceber dos técnicos e diretores o empenho de resolver este problema de energia elétrica em Casimiro de Abreu", concluiu o prefeito Ramon Gidalte.

Estiveram presentes o diretor da ANEEL, Sandoval Feitosa, o subsecretário de Projetos, Convênios e Captação de Recursos Federais da Secretaria Extraordinária de Representação do Governo do Estado, Edmilson Suassuna da Silva, além de membros da equipe técnica da ANEEL. O vereador Pedro Gadelha também esteve presente na reunião.

"Vamos convocar as empresas (concessionária Enel e Furnas) no sentido de cobrar novos prazos para a conclusão desta obra. Seremos um órgão fiscalizador e iremos solicitar um plano de ações para melhorar a qualidade do serviço no município. Temos a questão do licenciamento que a Prefeitura ou o Governo do Estado podem agilizar a legalização de documentos. A conclusão desta obra vai proporcionar ao município que tenha um atendimento confiável e que possa já contactar as empresas da região para investir de novo em si porque será um compromisso de serviço de eletricidade confiável, contínuo e adequado", disse Sandoval Feitosa.

Governo já vez várias tentativas

Antes da ida do prefeito à Brasília, uma comitiva formada pelas secretarias de Educação, Assistência Social e Cultura, respectivamente, Gracenir Oliveira, Karen Louzada e Luciana Garcia, se reuniu, em Brasília, com o secretário de Representação do Estado do Rio de Janeiro em Brasília – SERGB, André Moura, com o intuito de buscar uma solução para os recorrentes problemas de fornecimento de energia no município. No encontro, também foram debatidos assuntos relacionados a gestão de projetos e captação de recursos.

Na ocasião, Moura se comprometeu em buscar junto a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) reforço da capacidade elétrica do município, a fim de cessar as dificuldades atualmente enfrentadas. O secretário orientou ainda como serão executadas as ações para a gestão dos projetos e captação de recursos.

Além disso, desde o início da atual gestão, uma série de reuniões foram realizadas com o intuito de buscar melhorias no fornecimento de energia elétrica no município. Inclusive, no último dia 12, o prefeito de Casimiro de Abreu, Ramon Gidalte, esteve reunido com representantes da empresa Enel.

Na ocasião, o prefeito ratificou o desejo de ver a obra da subestação de energia elétrica concluída. "Ver esta obra concluída é o meu sonho como prefeito. Estamos deixando de atrair empresas para a nossa cidade e que iria para trazer investimento e emprego devido a este problema do péssimo serviço prestado de energia elétrica em Casimiro de Abreu. Quero ser um parceiro da empresa para que possamos juntos solucionar este impasse", disse Ramon Gidalte.

Os representantes da Enel apresentaram os investimentos que estão sendo feitos na cidade, além das ações preventivas que irão ocasionar uma melhora no fornecimento de energia. Entre as ações estão a substituição de condutores, postes e o serviço de poda de árvores. "Quero deixar o meu posicionamento. A subestação de energia elétrica vai sair. A obra está parada, mas o processo está em andamento. A partir deste mês de maio iniciamos algumas obras em Casimiro de Abreu e tenho a certeza que os nossos clientes terão uma percepção na melhoria do fornecimento de energia. O esforço para melhorar a qualidade do serviço é enorme. Estamos antecipando várias obras e ações para fornecer uma energia de qualidade aos nossos clientes", disse Leandro de Freitas, executivo de Clientes de Governos Municipais da Enel.

Recentemente uma Comissão Especial de Acompanhamento, Cobrança e Fiscalização dos serviços prestados pela empresa Enel foi criada para elaborar um relatório trimestral para que seja encaminhada ao Gabinete do Prefeito com as demandas decorrentes da empresa.

Além disso, o Procon também vem atuando em prol de melhorias no serviço. Durante uma fiscalização, responsáveis dos estabelecimentos comerciais visitados, contaram que a oscilação no serviço fornecido pela Enel prejudica o funcionamento, ocasionando prejuízos financeiros também por ter que fechar o comércio. Três deles utilizam inclusive gerador de energia, para não depender apenas da concessionária.

"É dever da Enel fornecer um serviço digno e regular à população. Pela primeira vez estivemos na cidade realizando esta grande operação. Os nossos fiscais fizeram 12 autos de constatação e realmente o município vem sofrendo com este problema. O Procon está disponível quando for necessário para retornar ao município para tomar todas as providências necessárias", afirmou o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho.

Outras demandas

Ainda em Brasília, o prefeito de Casimiro de Abreu, Ramon Gidalte, esteve reunido) com o ministro da Cidadania, João Roma, em Brasília. O vereador Pedro Gadelha também esteve presente no encontro.

Em pauta foi solicitado a construção de um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), no distrito de Barra de São João. A unidade pública da Assistência Social atende pessoas que vivenciam situações de violações de direitos ou de violências.

"O CREAS é a casa da família. Vivemos tempos de intolerância e estamos empenhados em fortalecer os vínculos, em garantir direitos. Esse é mais um passo nessa direção. Trata-se de uma grande conquista para a população de Barra de São João", disse o prefeito Ramon Gidalte.

Fonte: RJNEWSnoticias

Comunicar erro
Zion

Comentários

Casa e Roupa
Anuncie 3