CONTEC

Governo do Rio começa a pagar auxílio neste sábado ; saiba como se cadastrar

SuperaRJ, programa de transferência de renda, prevê beneficiar 355 mil de pessoas

Por RJNEWS em 03/06/2021 às 07:57:51
Governo do Rio lança auxílio para desempregados e pessoas em situação de pobreza

Governo do Rio lança auxílio para desempregados e pessoas em situação de pobreza

O governador Cláudio Castro lançou, nesta quarta-feira (2), o programa SuperaRJ, que prevê um auxílio de R$ 200 para pessoas em situação de pobreza e desempregados. O projeto de transferência de renda também poderá contemplar um crédito de até R$ 5 mil para autônomos e trabalhadores informais do estado. A distribuição dos cartões começa neste sábado (5) para as famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico). Os desempregados recebem no dia 25. As inscrições já podem ser feitas no site www.superarj.rj.gov.br.
O programa prevê pagamentos até dezembro, com previsão de investimento de R$ 86 milhões mensais. Estão aptos a receber o benefício os moradores do estado já inscritos no Cadastro Único, com renda familiar per capita (por pessoa) igual ou inferior a R$ 178. É obrigatório ser maior de 18 anos, exceto no caso de mães adolescentes. Famílias com filhos menores de idade receberão, além dos R$ 200, um acréscimo de R$ 50 para casa filho - desde que limitados a dois menores -, podendo chegar a R$ 300.

Entre os desempregados, os beneficiados serão aqueles que perderam o emprego formal a partir do dia 13 de março de 2020 e ganhavam menos de R$ 1.501 no antigo trabalho. É preciso estar sem fonte de renda atual. Os pagamentos acontecerão nos dias 15 (beneficiários do CadÚnico) e 20 (demais beneficiários) de cada mês.

O SuperaRJ não será cumulativo: pessoas cadastradas no Bolsa Família, beneficiários atuais do auxílio emergencial do governo federal, ou do Auxílio Carioca não poderão receber. No entanto, quem tiver o vínculo encerrado com algum programa poderá migrar para o SuperaRJ - o grupo que deixar de receber o auxílio do governo federal a partir de setembro, por exemplo, poderá se inscrever.

Distribuição e pagamento

Os cartões começarão a ser entregues a partir do próximo sábado (5) na Região Metropolitana, e no dia 8 de junho no resto do estado. Na segunda fase, 315 mil desempregados serão contemplados: a retirada do cartão com o benefício para eles está marcado para o dia 25 de junho. O cartão deverá ser retirado no local agendado por meio de aplicativo, ou do site do SuperaRJ (superarj.rj.gov.br). As quadras das escolas de samba dos grupos Especial e Série A - 27, ao todo - serão alguns dos pontos de retirada dos cartões.

"Eu tenho dito que temos duas tristes faces dessa pandemia: a saúde e a pobreza. Precisamos olhar por estes que estão com fome, sem emprego. Esta é a principal meta do SuperaRJ", comentou Castro, durante cerimônia de lançamento do programa, realizada na quadra do Salgueiro.

O evento contou com a presença de dirigentes das agremiações, deputados estaduais e presidentes das ligas das escolas de samba - Jorge Perlingeiro, atual presidente da Liesa, e Wallace Palhares, da Liga RJ, que organiza os desfiles da Série Ouro, a divisão de acesso. "É muito significativo lançar um projeto desse numa escola de samba. Ela representa a voz da comunidade, o povo mais guerreiro e mais sofrido", disse Castro, que sambou com casais de mestre-sala e porta-bandeira ao fim da cerimônia. O governador saiu sem comentar a polêmica da escolha do Rio como uma das sedes da Copa América, que começa no dia 13 de junho.

Proposto pela Alerj, o programa foi aprovado por unanimidade ainda no início de março, mas lançado apenas três meses depois. "Um programa dessa magnitude, desse tamanho, é complexo. Não considero atraso, considero respeito com o dinheiro do contribuinte", afirmou Castro.

O SuperaRJ também prevê ajudar empresários que tiveram perdas durante a pandemia. Através da AgeRio (Agência Estadual de Fomento), micro e pequenos empreendedores poderão realizar financiamentos no valor de até R$ 50 mil.

Dúvidas sobre o recebimento do benefício podem ser respondidas através da central de atendimento: 0800 071 7474.

Fonte: O Dia

Comunicar erro

Comentários

Casa e Roupa
Anuncie 3