CONTEC

Sinpro Macaé questiona Prefeitura sobre exclusão de professores em plano de vacinação

Foram incluídos, apenas, educadores de creches a partir de 59 anos que moram na cidade

Por RJNEWS em 01/06/2021 às 15:55:46
Professores não tiveram garantia de vacina no plano de Macaé

Professores não tiveram garantia de vacina no plano de Macaé

Foram inclu√≠dos, apenas, educadores de creches a partir de 59 anos que moram na cidade e, em sua maoria, das institui√ß√Ķes privadas

A Prefeitura de Macaé anunciou nesta segunda-feira, 31, o plano de vacina√ß√£o para os profissionais da educa√ß√£o p√ļblica e privada, a partir do dia 09 de junho. Porém, apenas os profissionais da educa√ß√£o das creches com a idade a partir de 59 anos ser√£o contemplados.

Para o Sindicato dos Professores de Macaé e Regi√£o (Sinpro) este an√ļncio est√° bem abaixo da expectativa necess√°ria para imunizar a categoria. "Isso nos faz questionar o real compromisso do prefeito Welberth Rezende em imunizar os profissionais da educa√ß√£o, os professores e demais funcion√°rios da educa√ß√£o", relata Guilhermina Rocha, presidente do Sinpro.

Diante disso, o Sindicato questiona a Prefeitura qual o critério utilizado para um plano de vacina√ß√£o apenas a um grupo destes profissionais, com uma determinada faixa et√°ria e por que a decis√£o de atender, em sua maioria, as creches privadas?

Outro ponto questionado pelo Sinpro é o porqu√™ somente os profissionais da educa√ß√£o que moram em Macaé ter√£o direito à vacina, j√° que o Munic√≠pio absorve profissionais de outros lugares.

Para Guilhermina Rocha, presidente do Sinpro Macaé e Regi√£o, o ideal é que todos os profissionais da educa√ß√£o sejam vacinados.

"O an√ļncio da Prefeitura reflete uma tentativa de confundir a popula√ß√£o e n√£o mostra o real compromisso com a imuniza√ß√£o e a defesa da vida de nossos professores, funcion√°rios e alunados. Estamos diante da maior crise sanit√°ria das √ļltimas décadas e precisamos estar afinados com a Organiza√ß√£o Mundial de Sa√ļde, Fiocruz, Universidade Federal Fluminense e outras institui√ß√Ķes que validam os protocolos cient√≠ficos. Isso é muito sério. Queremos que todos os profissionais da educa√ß√£o sejam vacinados, só assim conseguiremos retornar as aulas presencias com alguma seguran√ßa", afirmou.

Fonte: ASCOM

Comunicar erro

Coment√°rios

Casa e Roupa
Anuncie 3