CONTEC

Vans poderão voltar a circular trazendo reforço ao transporte público em Casimiro de Abreu

Atualmente, a população sofre com a precariedade do serviço de transporte público

Por RJNEWS em 22/05/2021 às 06:39:00
: Reunião debateu abertura de um novo processo licitatório para reativação do serviço

: Reunião debateu abertura de um novo processo licitatório para reativação do serviço

Atualmente, a população sofre com a precariedade do serviço de transporte público, que é oferecido exclusivamente por uma empresa de ônibus

Thaiany Pieroni

Após muitas reclamações da população e um apelo da Câmara Municipal de Casimiro de Abreu, o município poderá, em breve, voltar a ter vans circulando para transportar a população. Atualmente, os moradores sofrem com a precariedade do serviço de transporte público, que é oferecido exclusivamente por uma empresa de ônibus.

O anúncio do retorno das vans foi feito pelo prefeito Ramon Gidalte (Cidadania), após uma reunião com representantes do Departamento Jurídico da Prefeitura de Casimiro de Abreu, para iniciar um novo processo licitatório para reativação do serviço. Participaram da reunião, o procurador geral do município, Alan Macabu, a Corregedora Geral, Eloá Crispim, o secretário de Ordem Pública e Defesa Civil, Wellington Lima e a pregoeira Elaine Fonseca.

Durante o encontro, ficou definido que o município publicará, em breve, um novo edital para que seja possível a realização de uma nova licitação, seguindo as recomendações do Tribunal de Contas do Estado (TCE), para o retorno do serviço. No ano passado, após o ajuizamento de representações, a prefeitura precisou suspender o procedimento licitatório por decisão do TCE. Segundo o tribunal, o edital estava em desacordo com as normas municipais para a prestação de serviço público de transporte coletivo.

Paralelamente a isso, o prefeito pretende expedir um decreto municipal, regulamentando o retorno de circulação das vans, por meio de um Chamamento Público. Segundo ele, ficou determinado na reunião, que a regularização do transporte público precisa acontecer até o início de julho.

"É um serviço de extrema importância para a população da nossa cidade, principalmente para os moradores dos distritos de Professor Souza, Rio Dourado, Serra e Barra de São João. Sabemos das dificuldades enfrentadas pela população no transporte público, por isso a necessidade de resolvermos essa situação o quanto antes", afirmou Ramon Gidalte.

A notícia foi celebrada pelos moradores, que anseiam por melhorias imediatas no transporte público. "Ajudei a criar está modalidade na sua gestão em 1999 e que não existia no Brasil. O estado do Rio de Janeiro foi pioneiro logo em seguida nos municípios de Rio das Ostras e Casimiro de Abreu, criando linhas intermunicipais e municipal. Precisamos reativar o transporte alternativo Municipal (Vans) para que possamos gerar empregos, como principalmente amenizar o sofrimento da população. Estou, como sempre estive, à disposição no que for necessário", falou Ângelo Adonai.

Ana Maria também comemorou a novidade. "Muito bom, nós precisamos muito dessas vans. Meu filho trabalha em Barra de São João, precisa pegar dois ônibus, fica caro", relatou.

Desde 2015 que Casimiro de Abreu não conta mais com o serviço de transporte realizado por vans e microônibus. As linhas que faziam o transporte na cidade tiveram atividades interrompidas, após decisão do Departamento de Transporte Rodoviário do Rio de Janeiro (Detro). Na época, a prefeitura informou que as linhas tinham licença provisória para operar, mas os operadores não se adequaram às exigências.

Por isso, a população também têm algumas preocupações com relação ao assunto. "Espero que haja uma boa fiscalização dos tipos de vans que irão entrar nesse transporte alternativo, que tenha regras como: teto alto, ar-condicionado, em bom estado de conservação", declarou João Guilherme Rodrigues, através das redes sociais.

Diálogo com a população e prestadores de serviços

Após a declaração do prefeito, o município já convocou a população para participar de uma reunião no próximo dia 27 de maio, às 18h, na Câmara Municipal, para tratar sobre o assunto e identificar as demandas.

"Faremos essa reunião para ouvir as sugestões da população e dos proprietários de vans e microonibus para que na hora de elaboramos o edital para a nova licitação, possamos atender as demandas apresentadas pela população, que é a mais interessada no assunto. Queremos fazer o melhor", frisou o prefeito.

Ramon também pediu a participação dos proprietários de vans para que realizem um pré-cadastro junto à Mobilidade Urbana.

Moradores falam sobre a atual precariedade do transporte público

Na última semana, a reportagem do RJ News publicou uma matéria, que mostrava o problema do transporte público em Casimiro de Abreu. Segundo relatos, desde que o serviço das vans foi suspenso, uma única empresa de ônibus ficou responsável pelo transporte público, o que tornou a locomoção dentro e fora do município, um martírio.

Elizabethy Lemos foi uma das que falou sobre o problema. "Como é do conhecimento de todos, o Palmital não tem transporte para Casimiro de Abreu e Barra de São João, hoje o morador gasta R$ 16 de Palmital até Barra, fazendo baldeação. Temos uma unidade de emergência funcionando 24 horas e temos um excelente hospital em Casimiro, só que o morador do Palmital, São João, Patrulha, não tem transporte para chegar a esses lugares. Deixo aqui meu pedido para os vereadores eleitos e prefeito resolver esse problema, que incomoda muito a todos.Também peço transporte para entrar até o postinho do Palmital, que tinha antes e foi tirado por divisão de município", pediu.

O assunto também rendeu na Câmara Municipal de Casimiro de Abreu na última semana, em sessão extraordinária. O vereador Marcelo Mota (Pode) contou que a empresa teria informado a um ex-vereador, que não iria mais passar com a linha pelo bairro Professor Souza. "Mandaram um recado por um ex-vereador falando que os ônibus não passarão mais pelo bairro Professor Souza. Isso não pode acontecer. Faço um apelo ao prefeito para que faça algo imediatamente. Temos um transporte público totalmente deficiente", relatou.

Atualmente, a empresa Rápido Macaense atende os munícipes de Casimiro de Abreu com as seguintes linhas: Casimiro de Abreu x Parque dos Tubos, que sai de meia em meia hora, de segunda a sexta-feira e de 40 em 40 minutos, aos fins de semana. A mesma sai da Avenida Dois, passando por ruas de Casimiro de Abreu, Professor Souza, Rio Dourado, e Rodovia Serramar, segundo informações disponíveis no site da empresa.

Já a linha que liga o Distrito de Barra de São João à sede de Casimiro de Abreu, circula apenas quatro vezes ao dia, sendo às 7h15, 12h15, 15h15, e o último horário, às 19h. Aos fins de semana, a linha não opera.

Outra linha que opera na cidade é a B137 Macaé X Rio Bonito (Via Rio Das Ostras/Silva Jardim), que circula uma vez ao dia, de segunda a sexta-feira e passa por Casimiro de Abreu.

As demais linhas como Macaé x Cabo Frio e Macaé x Unamar passam pela Rodovia Amaral Peixoto, no trecho que corta o Distrito de Barra de São João.

Fonte: RJNEWSnoticias

Comunicar erro

Comentários

Casa e Roupa
Anuncie 3