CONTEC
Camara

Promoção de cultura: Bico da Coruja realiza 2º Festival de Sambas Inéditos

Por RJNEWS em 24/06/2022 às 07:19:41
O bar, que reúne há décadas músicos e apreciadores de chorinho e samba

O bar, que reúne há décadas músicos e apreciadores de chorinho e samba

O Bico da Coruja é um dos pontos culturais mais tradicionais da musicalidade popular macaense e, nesta quarta-feira (22), o espaço foi palco do "2º Festival de Sambas Inéditos ''. O evento, que contou com onze músicas originais, teve como vencedor "Versos Colhidos". O Grupo de Choro Bico da Coruja, que se apresenta todas às quartas, abriu o evento ao som de clássicos do gênero, como "Bole-Bole" e "Carioquinhas". O Bico, integrante do Corredor Cultural, encanta e promove cultura há 40 anos.

Letra, melodia e canção foram os quesitos julgados pelos jurados. O júri contou com a participação do secretário de Cultura, Leandro Mussi. "A iniciativa prevê a promoção da cultura com a expressão de artistas locais e é uma honra ter sido convidado para ser jurado desse encontro de talentos notáveis. É com satisfação que a Secretaria de Cultura apoia a iniciativa," destacou.

Com composição de Alemão e Vanderlei, o samba campeão "Versos Colhidos" contou a história do legado que os grandes nomes do samba, como Jamelão e Cartola, deixaram para os novos músicos. Em segundo lugar, venceu "Um olho no Padre e Outro no Missa" e, em terceiro lugar, "Saudades do Meu Bar". O prêmio de melhor intérprete ficou com Jorge Moura.

O idealizador do projeto, Edson Batata, agradeceu o apoio da Prefeitura de Macaé. "O evento é uma oportunidade para os músicos apresentarem seus sambas e, com isso, fomentar cultura na cidade", concluiu.

O bar, que reúne há décadas músicos e apreciadores de chorinho e samba, especialmente, está localizado na rua Compositor Benedicto Lacerda, 134, próximo ao Mercado de Peixes.

Fonte: Secom Macaé

Comunicar erro
Zion

Comentários

Casa e Roupa
Clarissa