CONTEC

Associação Futebol Mar Azul, em Macaé, atua para promover inclusão social de dependentes químicos

Desde 2016, iniciativa trabalha a inclusão do dependente químico em recuperação, por meio do esporte

Por Daniela Bairros em 23/11/2021 às 11:05:32
Alunos do Projeto Mar Azul aplaudem público que prestigiou uma partida de futebol no Estádio Cláudio Moacyr

Alunos do Projeto Mar Azul aplaudem público que prestigiou uma partida de futebol no Estádio Cláudio Moacyr

Daniela Bairros

Desde 2016, a Associação de Futebol Mar Azul, sediada em Macaé, vem atuando para promover a inclusão social de dependentes químicos em recuperação, por meio do esporte.

Segundo Paulo Alexandre Figueira, idealizador da iniciativa, é uma ação de reinserção social e de prevenção ao uso de drogas, que visa o fortalecimento das habilidades sociais e pessoais dos escolhidos. "O objetivo é melhorar a qualidade de vida, diminuindo o risco de recaída e promovendo uma atividade esportiva que contribua para socialização, união e disciplina, mudando a imagem do dependente químico em recuperação junto à sociedade", enfatizou Figueira.

Com a média de 50 atletas recorrentes e o histórico de atendimento a mais de 230 azulinos, o Futebol Mar Azul gera benefícios indiretos a milhares de pessoas, famílias e à sociedade.

As atividades esportivas são realizadas no Centro de Treinamento Macaé Gol, mas de acordo com Paulo Alexandre, na verdade, é o CT do Amor, onde o dia dos atletas começa com música ambiente e café da manhã na Zona Mista. "Com todos reunidos no centro de campo, acontece a preleção, com palavras de incentivo e uma oração que dá início a mais um sábado de futebol entre amigos. O futebol ficou congelado, por muitos anos, devido às escolhas erradas, e o período de deserto. Mas o tempo passou. Entrei em recuperação e hoje posso, todos os finais de semana, estar na recreação do futebol com meus iguais", declarou Paulo Alexandre, ex-dependente químico e idealizador do projeto Mar Azul.

Em junho de 2019, os alunos do Projeto Mar Azul, convidados pela Embaixada do Catar no Brasil. assistiram ao jogo da Copa América no Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro. Grandes nomes do esporte nacional, já vestiram a camisa do projeto, entre eles, o ex-jogador Bebeto e a ginasta Daiane dos Santos.

Ainda segundo Paulo Alexandre, existem dez regras de ouro do projeto. São elas: união, disciplina, amor, equilíbrio, respeito, honestidade, cooperação, ética, humildade e fair play. O Mar Azul ganhou o mundo, ao promover palestras em escolas, clínicas de recuperação e pela participação na Semana Interna de Prevenção a Acidentes (SIPAT) de grandes empresas.

Foto: Divulgação

Comunicar erro
Zion

Comentários

Casa e Roupa
Anuncie 3