CONTEC

Tudo voltando ao normal em Macaé. Empresários e comerciantes fazem projeções positivas pós pandemia

Para empresários, o momento é para celebrar um novo ciclo. No comércio local, há também otimismo

Por Daniela Bairros em 25/10/2021 às 13:34:22
Zampa Gastronomia está localizado no bairro da Glória, em Macaé

Zampa Gastronomia está localizado no bairro da Glória, em Macaé

Daniela Bairros

No último sábado, dia 23, a Prefeitura de Macaé decretou a ampliação da flexibilização das atividades no município. A regulamentação autoriza o funcionamento de cinemas, teatros e casas de festas e traz atualizações no atendimento presencial ao público nas repartições municipais.

O decreto 259/2021 mantém a obrigatoriedade do uso de máscara de proteção facial em espaços públicos e privados. A lei dispõe ainda acerca de eventos esportivos realizados em ginásios ou estádios, para treinamentos ou jogos.

A medida despertou comemorações por parte de empresários, atuantes nos mais diversos ramos, de Macaé. Entre eles, Edson Antônio Czelusniak, proprietário do Zampa Gastronomia, localizado no bairro da Glória. Para ele, o momento de retomada que a cidade vive pós pandemia, é muito positiva. "Felizmente, está chegando ao fim a negatividade da Covid-19, dando abertura para se contemplar a vida, voltar a reunir os amigos e familiares, para brindar um novo ciclo que se inicia. As pessoas não aguentam mais ficar em casa", declarou o empresário do ramo da gastronomia.

No auge da pandemia, em que os restaurantes também tiveram que fechar suas portas em Macaé, muitas foram as dificuldades enfrentadas, de acordo com Edson Antônio. "As incertezas, os custos que não pararam, infelizmente, vários estabelecimentos fecharam. Quem conseguiu passar por esta fase, com certeza o futuro será muito promissor. Vários horizontes se abrindo e as pessoas querendo é celebrar a vida", ressaltou.

Comerciante há mais de 20 anos de Macaé, o proprietário de uma loja de roupas na região central da cidade, Renato Barbosa Filho, também está comemorando as projeções futuras para o setor, que de acordo com ele, foi um dos mais afetados assim que a pandemia começou, em março do ano passado. "Mas, felizmente, o cenário agora é outro, de retomada, de recuperação. Claro que estamos tendo que correr atrás do prejuízo, mas a situação já melhorou bem e vai melhorar ainda mais. Estou muito otimista e espero, que o mais rápido possível, o comércio de Macaé volte com movimentação total".

Foto: Portal Viu





Comunicar erro
Zion

Comentários

Casa e Roupa
Anuncie 3