CONTEC

Programação da Semana da Criança em Macaé aborda falciforme e o diagnóstico na infância

Debate está sendo realizado online nessa segunda-feira (11) com palestrantes

Por Daniela Bairros em 11/10/2021 às 15:44:24
O evento está sendo realizado pela internet com a participação de palestrantes

O evento está sendo realizado pela internet com a participação de palestrantes

Daniela Bairros

Começou nessa segunda-feira (11), em Macaé, a Semana da Criança. Na programação, roda de conversa sobre a doença falciforme e o diagnóstico na infância. O debate está sendo realizado pela internet e conta com a participação da palestrantes.

A ação é promovida pelo Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDDCA) e a transmissão está sendo feita pelo canal do Conselho na internet.

As palestrantes do dia são Juliana Nunes Amorim, que é enfermeira e coordenadora do Ambulatório de Doença Falciforme de Macaé e Claúdia Pinto Moreira, graduanda em Ciências Biológicas e mãe de uma criança acompanhada pelo ambulatório de doença falciforme do município.

Segundo a presidenta do CMDDCA, Monique Rangel, na edição deste ano, a prioridade é dar visibilidade a temáticas que contribuam para o enfrentamento de processos de exclusão e violação de direitos deste público e que fortaleçam ações articuladas no campo da cidadania infanto-juvenil.

"Destacamos que crianças e adolescentes vêm tendo direitos violados cotidianamente em função de marcadores sociais de classe, raça/etnia, gênero, território, religião, bem como deficiências, entre outros. Suas trajetórias acabam marcadas por preconceitos e violências. As desigualdades sociais precisam ser enfrentadas para que efetivamente crianças e adolescentes sejam prioridade absoluta em nossa sociedade. Desta forma, almejamos que a programação possa ajudar nos processos reflexivos e de construção de propostas de intervenção articuladas", ressalta Monique.

Foto: Divulgação

Comunicar erro
Zion

Comentários

Casa e Roupa
Anuncie 3