Camara pi 183

Moradores do Jardim Guanabara cobram mais presença do poder p√ļblico

Por RJNEWS em 15/06/2024 às 23:07:43
Autoridades recebem as reivindicações do público

Autoridades recebem as reivindicações do público

Por quase tr√™s horas, moradores do Jardim Guanabara e bairros vizinhos apresentaram cobranças por mais serviços públicos, na manhã deste s√°bado (15). A Câmara Itinerante, iniciativa do Legislativo macaense, realizou a sua mais recente edição por requerimento do presidente Cesinha (Cidadania), que conduziu os trabalhos. Mobilidade urbana, infraestrutura e educação inclusiva foram os temas mais debatidos.


"O Jardim Guanabara cresceu muito ao longo dos últimos anos. Por diversas vezes, venho ao bairro para conversar com os moradores e buscar as soluções necess√°rias. Trazer a Câmara dos Vereadores aqui fortalece o empenho neste sentido. Agradeço ao governo por ter ampliado a participação dos representantes das secretarias", disse Cesinha.


Presidente da associação dos moradores, Henrique Emery entregou a Cesinha um ofício com as principais necessidades do bairro. "Antes, éramos invisíveis. Reconhecemos as melhorias feitas, mas preciso citar algumas necessidades urgentes, como a cobertura de pontos de ônibus, melhor sinalização no trânsito e a esperada obra de construção de uma praça."

O coordenador de Engenharia de Trânsito da Mobilidade Urbana, Antônio Cl√°udio Marques, respondeu que a secretaria atender√° parte das cobranças até o m√™s de julho. "As demais cobranças serão analisadas pela equipe técnica". J√° o secret√°rio de Obras, Felipe Bastos, anunciou que, em breve, começa o recapeamento asf√°ltico nas ruas do Jardim Guanabara. "Também faremos a contenção e as paralelas das vias. O compromisso da atual gestão é entregar um serviço completo e de qualidade", frisou.

Luiz Matos (Cidadania) reforçou a importância da Câmara Itinerante para a sociedade. "Colaboramos na construção de uma cidade melhor para todos."

Participação popular

Moradora e mãe atípica, Rosinalva Loro não escondeu a emoção ao cobrar os direitos das pessoas com defici√™ncia (PcD). "Peço que olhem por nós. Não é f√°cil. Na escola do meu filho, tem uma sala com apenas um auxiliar para 14 estudantes com algum tipo de defici√™ncia. Como aprender assim? É impossível."

Cesinha falou sobre a atuação da Frente Parlamentar PcD da Câmara. "Essa é uma realidade que encontramos em outras unidades escolares. É preciso que os respons√°veis pela secretaria de Educação resolvam isso o quanto antes".

Líder do governo, Luciano Diniz (Cidadania) falou sobre a parceria com uma instituição para ampliar o atendimento. "Serão mais de 100 profissionais capacitados que reforçarão as políticas inclusivas."

Reginaldo do Hospital (União Brasil) lembrou que a atual gestão conseguiu ampliar os recursos para instituições filantrópicas, como a Escola Sentrinho, a Apae e a Pestalozzi. "O prefeito e todos os respons√°veis são sensíveis à causa, tenho a certeza disso."

Moradores também cobraram por mais rondas da polícia. De acordo com o secret√°rio de Ordem Pública, Marcelo Alves de Menezes, haver√° maior presença da patrulha a partir da próxima semana. J√° o secret√°rio de Serviços Públicos, Rodrigo Silva, informou que existe um cronograma para serviços no bairro, mas que buscar√° meios de agilizar as ações.

Fonte: ASCOM CMM

Comunicar erro
Casa e Roupa

Coment√°rios

Zion
Luxhoki