Camara pi 183

Parque Térmico Sudeste fortalece posição de Macaé como polo de geração de energia

Por RJNEWS em 12/06/2024 às 17:01:14
A estratégia de instalação de novas usinas termelétricas, a partir da consolidação de projetos desenvolvidos por grandes companhias que operam a nível global, fortalece o posicionamento de Macaé como

A estratégia de instalação de novas usinas termelétricas, a partir da consolidação de projetos desenvolvidos por grandes companhias que operam a nível global, fortalece o posicionamento de Macaé como

A estratégia de instalação de novas usinas termelétricas, a partir da consolidação de projetos desenvolvidos por grandes companhias que operam a nível global, fortalece o posicionamento de Macaé como polo da nova fase de segurança e transição energética no Brasil.

Durante o painel "Perspectivas Regionais", no segundo dia do Macaé Energy, a expansão do Parque Térmico Sudeste na cidade foi confirmada a partir da apresentação da UTE Marlim Azul II, projeto já em fase de desenvolvimento pela Arke Energia, que opera desde dezembro de 2023 a UTE Marlim Azul.


"A região tem bastante infraestrutura, em especial a oferta do gás disponível aqui na cidade que oferece o ambiente necessário para o desenvolvimento deste projeto", destacou o gerente do projeto UTE Marlim Azul, da Arke Emergia, Fábio Rodrigues.


Segundo Rodrigues, a Marlim Azul II utilizará 5 milhões de metros cúbicos de gás por dia, que serão direcionados do Terminal Cabiúnas através de gasoduto que pertencem ao sistema já utilizado hoje pela UTE Marlim Azul, que utiliza 2,5 milhões de metros cúbicos de gás para a produção de 575 MW de energia.


De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Vianna, o novo Parque Térmico Sudeste já é o novo ativo de Macaé como polo de produção de energia no Brasil.


"Temos todas as condições para sediar projetos que disputam com competitividade os leilões programados para elevar a produção de energia no Brasil, alimentando o novo ritmo de crescimento das operações industriais no país. E junto com as companhias do setor, criamos o ambiente que viabiliza a insulação do chamado Parque Térmico Sudeste que tem a projeção de instalar nove novas usinas termelétricas ao longo dos próximos anos", apontou Rodrigo.

Novos leilões
A projeção de novos leilões da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) também posiciona Macaé como base para o desenvolvimento de novos projetos de produção de energia.


Ao participar do painel "Perspectivas Regionais", no segundo dia do Macaé Energy, Jean-Philippe de Oliveira, diretor de operações da EDF Norte Fluminense, destacou que a nova estratégia anunciada pelo Ministério de Minas e Energia, a partir da publicação da portaria 774/GM/MME, cria oportunidades de negócios através da estratégia de manutenção das termelétricas já em operação e também para o desenvolvimento de novos projetos


"A cidade oferece mão de obra de qualidade e uma cadeia de serviços eficiente que nos ajudam a manter investimentos, garantindo a sustentabilidade em nossos negócios. E também encontramos em Macaé o apoio necessário para defender iniciativas que visam garantir a segurança energética no país, a partir dos projetos desenvolvidos aqui na cidade", afirmou Jean-Philippe.


Fonte: Secom Macaé

Comunicar erro
Casa e Roupa

Comentários

Zion
Luxhoki