CONTEC

Maconha, reconhecida como um santo remédio.

"Tire o seu preconceito do meu remédio!"

Por Sergio em 14/09/2021 às 08:21:26

Não espere precisar para apoiar!

Hoje trataremos de um tema que para seguir, teremos que quebrar os paradigmas do preconceito. O tema, é algo que por toda a vida, foi marginalizado e demonizado até mesmo pela má interpretação do seu nome. Maconha, uma planta que já foi responsável por muitas fatalidades. Mas, por ser confundida pelo homem, por causa das políticas de interesses financeiros.
Não vamos entrar no campo, que tornou essa planta uma assassina para que interesses da indústria farmacêutica fossem focados. Ela hoje, é vista como tábua de salvação para tantas doenças, que se colocar na balança, o uso, deveria ser incentivado pelo governo. Como é, em outros países onde a sua pesquisa ganhou há tempo o interesse de cientistas e médicos.
Sim, médicos! De onde deveria partir o interesse maior. Isso, se não fosse moldado pela indústria da farmácia, comercial e desumana. A classe médica que se faz tão elitizada, deveria abrir os olhos para essa questão, que vem revolucionando a medicina mundial! Fechar os olhos diante a essa realidade é se mostrar obsoleto, instrumento de uma indústria assassina a que mais mata, paralela a bélica, que promove guerras como a guerra as drogas para se manter viva.
Temos muitas comprovações científicas que afirmam a eficácia do uso dessa planta. Chegamos a um ponto que, se esconder desse fato, é promover uma grande covardia diante aos pacientes! A dor não pode esperar, por sua vontade e preconceito a ser vencido. Maconha cura ou ameniza o que esse remédio que você prescreve não resolve! Não quero dizer que a medicina não é legal. Quero dizer que, poderiam ser mais leve e menos desgastante para seus pacientes. Temos a UNIFESP, assim como a ESBEC, promovendo cursos para médicos que queiram prescrever esse remédio.

Em Macaé já temos a Macaé Medicinal, associação que vem ajudando a muitas pessoas na orientação do uso desse remédio. Será promovido palestras para médicos e trabalhadores da saúde. Cursos de como manusear a planta no feitio do seu remédio e muitas outras, que promovam a cura elevando a qualidade de vida desses doentes e seus familiares.

Casa e Roupa
Anuncie 3