CONTEC

Fluminense vence o Oriente Petrolero, estreia bem na Sul Americana e dá sequência a boa fase.

Com boa partida coletiva do time e com gols de Cristiano, Arias e Zazpe (contra) a equipe carioca soma seus primeiros pontos no torneio.

Por Gabriel Carneiro em 07/04/2022 às 14:05:51

Time do Fluminense comemora gol de Jhon Arias.

Resumo do jogo

Na noite da última quarta-feira (06) o Fluminense enfrentou o Oriente Petrolero, da Bolívia, no Maracanã pela 1º rodada da fase de grupos da Sul-Americana. O placar refletiu muito bem o que foi a partida, uma vitória tranquila e sem sustos por parte da equipe carioca.

Mesmo com alguns desfalques a equipe comandada por Abel Braga manteve o mesmo ímpeto da final do Carioca, teve mais o controle da posse de bola e criou inúmeras chances reais para abrir o marcador. Mas apesar do resultado ter sido coerente com o futebol demonstrado, é importante destacar alguns pontos da partida.

Caminho para vitória

Parte importante de uma escalação com 3 zagueiros é a mobilidade e movimentação do seu meio campo, e como vimos diante do Flamengo, o Jhon Arias tem papel fundamental nesse setor. Mas como isso acontece? O colombiano se desloca do lado esquerdo do ataque para ser um armador no meio com Ganso, o que faz com que o Fluminense tenha dois armadores e deixe o lado do campo para o lateral Cris Silva.

Já o camisa 10, Ganso, é o jogador que flutua entre o meio e ataque da equipe. Onde a bola está, o camisa 10 está lá para pisar e dar dinamismo à equipe. O segredo está aí, deixar um time mais móvel ,especialmente no meio campo, e dar amplitude com os alas. As últimas partidas evidenciaram isso, foram dois jogos que o Fluminense teve a posse de bola, mas não aquela posse improdutiva e para trás, mas sim, uma posse mais vertical e ofensiva.

Outro fato importante da vitória foi a contribuição dos laterais na parte ofensiva, o que faltava há alguns jogos, ontem vimos um jogo mais consistente do Cris Silva e do Samuel Xavier, que foi titular devido a ausência do Lucas Calegari, que foi poupado. Os laterais apoiaram bem, e vem crescendo no decorrer das partidas, o Cris Silva inclusive abriu caminho para a vitória e fez boa partida.

Há ainda várias lacunas a serem acertadas, principalmente na recomposição do meio de campo e a saída de bola, ambas precisam ser mais precisas. Por que no momento em que o time ataca com 5,6 atletas e a posse de bola é perdida, o time fica exposto em alguns contra ataques e isso pode ser mortal. Já a saída de bola, é algo já mais sólido nesse time, quando o time conta com Felipe Melo e Nino aí é que ela fica ainda mais qualificada

O craque da partida

O cara da estreia do Fluminense na Copa Sul-Americana foi Paulo Henrique Ganso. Eleito o melhor em campo pela Conmebol, o jogador foi participativo e se movimentou bem. Além de ser fundamental para destravar o time em momento de dificuldade para furar a marcação boliviana, protagonizou belos lances individuais, passes de efeito, dribles e até caneta.

Grupo da Sul Americana, como fica?

Com a vitória diante desta quarta-feira, o Fluminense assumiu a liderança do grupo H com 3 pontos, enquanto o Oriente Petrolero é o lanterna. Isso porque no outro jogo do grupo o Unión Santa Fe e Junior Barranquilla ficaram no empate por 1 a 1, na Argentina.

Próximos jogos

O Fluminense volta a entrar em campo pela Sul-Americana na próxima quarta-feira, dia 13 de abril, para enfrentar o Junior Barranquilla, na Colômbia, pela segunda rodada. Mas antes, estreia no Campeonato Brasileiro, no próximo sábado, contra o Santos, no Maracanã, às 16h30.

Zion
Casa e Roupa
Anuncie 3