CONTEC

Covid-19: Profissionais da educação começam a ser vacinados na próxima semana

Após a pressão da sociedade (leia-se pais e responsáveis de alunos) e dos profissionais da área, o Ministério da Saúde antecipa a vacinação para os trabalhadores da educação. Macaé chega junto. Veja agora no Blog da Acosta.

Por Lourdes Acosta em 31/05/2021 às 21:08:43

A vacinação começa com trabalhadores de creches

Devido aos impactos sociais ocasionados pela Covid-19, associados à necessidade de volta às aulas presenciais, o Ministério da Saúde (MS) antecipa a vacinação de profissionais da educação, dando prioridade para trabalhadores que atuam em creches. O município de Macaé avança junto e já na próxima semana, a partir do dia 9, quando se inicia uma nova etapa da vacinação contra o Coronavírus, o calendário local passa a incluir os profissionais das redes pública e privada.

A Prefeitura informa que houve também um acordo com entendimento firmado nesta segunda-feira (31), entre o prefeito Welberth Rezende e o Ministério Público Estadual (MPE), para que o município faça a aplicação da primeira dose aos profissionais da Educação que atuam em creches com idade de 59 anos.
A orientação do MS é priorizar os trabalhadores que atuam em creches e, de maneira escalonada, ir ampliando a vacinação para os que trabalham em pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e educadores de jovens e adultos. Na sequência, os vacinados serão os trabalhadores da educação do ensino superior.

O calendário local segue os critérios de faixa etária, cumpridos também os grupos de Comorbidades e de deficiências permanentes. "O nosso objetivo é avançar na vacinação, alcançando os profissionais da Educação, seguindo ainda, o nosso plano de retorno das aulas presenciais nas unidades de ensino da cidade", explicou o prefeito.
A equipe da Saúde macaense dará seguimento ao calendário de vacinação do grupo de comorbidades, pessoas com deficiências permanentes, moradores em situação de rua e incluirá os profissionais de educação. Segundo fontes, a vacinação ocorre de acordo com as orientações e o número de doses disponibilizadas pelo governo do estado.

Vacinação Educação - A vacinação dos profissionais de Educação seguirá os critérios já adotados pelo município na imunização de profissionais de outras áreas, exigindo documentos que comprovem o vínculo ativo de trabalho nas unidades de ensino (creches e pré-escola), declaração do responsável pela unidade, além de comprovante de residência com endereço de Macaé, CPF ou Cartão do SUS.

Em paralelo, o MS anunciou que autoriza o início da vacinação para a população geral, entre 18 e 59 anos, nos estados e municípios que relataram demanda diminuída dos grupos elencados no plano de vacinação. "Esse grupo poderá começar a ser imunizado de maneira escalonada e por faixas etárias decrescentes, desde que a vacinação dos grupos prioritários restantes seja mantida e cumprida, de acordo com a ordem estabelecida pelo PNO - Plano Nacional de Operacionalização de Vacinação contra a Covid-19", acrescenta o ministério ao informar que começará a enviar doses aos estados, de forma escalonada, para atender a esse público, juntamente com outros grupos prioritários.

________________________________________________________

Lourdes Acosta – Jornalista Profissional (editora/redatora/produtora)

DRT/MTE 911 MA. // Macaé 31/06/2021. E-mail: [email protected]

Casa e Roupa
Anuncie 3